Seção de Concursos
Seção de Concursos
Seção de Concursos
Editais – Farmacologia

Edital ICB.ATAC.22/2017   –   ( Baixar Edital .PDF )

ABERTURA DE INSCRIÇÕES AO CONCURSO PÚBLICO DE TÍTULOS E PROVAS VISANDO O PROVIMENTO DE 01 (UM) CARGO DE PROFESSOR TITULAR, EM RDIDP, NO DEPARTAMENTO DE FARMACOLOGIA DO INSTITUTO DE CIÊNCIAS BIOMÉDICAS DA UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO

 

Publicado no Diário Oficial do Estado, dia 10/11/2017  – Seção I, Pág. 214

Data de Encerramento das inscrições, 08 de maio de 2018

 

 


 

Edital ICB.ATAC.05/2017

ABERTURA DE INSCRIÇÕES AO CONCURSO PÚBLICO DE TÍTULOS E PROVAS VISANDO O PROVIMENTO DE 01 (UM) CARGO DE PROFESSOR DOUTOR, EM RDIDP, NO DEPARTAMENTO DE FARMACOLOGIA DO INSTITUTO DE CIÊNCIAS BIOMÉDICAS DA UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO

Publicado no Diário Oficial do Estado, dia 26/04/2017  – Seção I, Pág. 174 e 175

Data de Encerramento das inscrições, 24 de julho de 2017

O Diretor do Instituto de Ciências Biomédicas da Universidade de São Paulo, Cidade Universitária “Armando de Salles de Oliveira”, Av. Prof. Lineu Prestes, 2.415, torna público a todos os interessados que, de acordo com o decidido pela Congregação em sua 384a sessão ordinária, realizada em 29/03/2017, estarão abertas, pelo prazo de 90 (noventa) dias, a contar da publicação deste edital,  26 de abril de 2017 e término às 16horas (horário de Brasília) do dia 24 de julho de 2017, as inscrições ao concurso público de títulos e provas para provimento de 01 (um) cargo de Professor Doutor, referência MS-3.1, em Regime de RDIDP, claro/cargo  nº 1233882, com o salário de R$ 10.670,76 (dez mil, seiscentos e setenta reais e setenta e seis centavos), referente ao mês de maio de 2016, junto ao Departamento Farmacologia, na área de conhecimento de Farmacologia Geral, nos termos do art. 125, parágrafo 1º, do Regimento Geral da USP, e o respectivo programa que segue:

  1. Farmacocinética: Vias de administração, absorção, distribuição, biotransformação e excreção de fármacos.
  2. Farmacodinâmica – Interação droga-receptor / Farmacologia molecular.
  3. Farmacogenética.
  4. Modulação farmacológica do sistema colinérgico.
  5. Farmacologia da junção neuromuscular.
  6. Modulação farmacológica do sistema adrenérgico.
  7. Fármacos utilizados no tratamento de hipertensão arterial.
  8. Fármacos utilizados no tratamento da insuficiência cardíaca.
  9. Fármacos utilizados no tratamento do diabetes.
  10. Fármacos utilizados no tratamento de dislipidemias.
  11. Fármacos anti-inflamatórios (AIEs/AINEs).
  12. Fármacos utilizados no tratamento da Asma.
  13. Farmacologia do sistema digestório.
  14. Analgésicos Opioides.
  15. Ansiolíticos e hipnóticos.
  16. Antipsicóticos.
  17. Anticonvulsivantes.
  18. Antidepressivos.
  19. Drogas de abuso: dependência.
  20. Fármacos utilizados no tratamento de doenças neurodegenerativas.
  21. Antineoplásicos.
  22. Fármacos antibacterianos.

Bibliografia Básica

  1. Brunton LL (Ed.) – Goodman & Gilman’s The Pharmacological Basis of Therapeutics. 12th ed. McGraw Hill, NY 2011.
  2. Rang HP, Dale MM, Ritter JM, Flower RJ & Henderson G – Rang and Dale’s Pharmacology. 7th ed. Elsevier-Churchill Livingstone, Edinburgh 2012.
  3. Katzung BG, Masters SB & Trevor AJ – Basic and Clinical Pharmacology. 12th ed. McGraw Hill-Lange, NY 2011
  4. Minneman KP & Wecker L – Brody’s Human Pharmacology – Molecular to Clinical. 4th ed. Elsevier-Mosby, Philadelphia 2005.
  5. Nestler E, Hyman S, Malenka R. Molecular Neuropharmacology: A Foundation for Clinical Neuroscience, 2nd Edition, McGraw-Hill, 2008.
  6. Golan DE, Tashjian Jr AH, Armstrong EJ & Armstrong AW – Principles of Pharmacology: The Pathophysiologic Basis of Drug Therapy. 2nd ed. Lippincott-Williams & Wilkins, NY 2008

 

O concurso será regido pelo disposto no Estatuto e no Regimento Geral da Universidade de São Paulo e no Regimento do Instituto de Ciências Biomédicas.

 

  1. Os pedidos de inscrição deverão ser feitos, exclusivamente, por meio do link https://uspdigital.usp.br/gr/admissao, no período acima indicado, devendo o candidato apresentar requerimento dirigido ao Diretor do Instituto de Ciências Biomédicas icb.usp.br/con/formularios/, contendo dados pessoais e área de conhecimento (especialidade) do Departamento a que concorre, anexando os seguintes documentos:

 

I – memorial circunstanciado e comprovação dos trabalhos publicados, das atividades realizadas pertinentes ao concurso e das demais informações que permitam avaliação de seus méritos, em formato digital.

II – prova de que é portador do título de Doutor outorgado pela USP, por ela reconhecido ou de validade nacional;

III – prova de quitação com o serviço militar para candidatos do sexo masculino;

IV – título de eleitor;

V – comprovante(s) de votação da última eleição, prova de pagamento da respectiva multa ou a devida justificativa.

VI –  projeto de pesquisa, em formato digital, elaborado nas especialidades pertencentes à área de conhecimento do presente edital.

 

Parágrafo primeiro: Elementos comprobatórios do memorial referido no inciso I, tais como maquetes, obras de arte ou outros materiais que não puderem ser digitalizados deverão ser apresentados até o último dia útil que antecede o início do concurso.

 

Parágrafo segundo: Os docentes em exercício na USP serão dispensados das exigências referidas nos incisos III e IV, desde que as tenham cumprido por ocasião de seu contrato inicial.

 

Parágrafo terceiro: Os candidatos estrangeiros serão dispensados das exigências dos incisos III, IV e V, devendo comprovar que se encontram em situação regular no Brasil.

 

Parágrafo quarto: O candidato estrangeiro aprovado no concurso e indicado para o preenchimento do cargo só poderá tomar posse se apresentar visto temporário ou permanente que faculte o exercício de atividade remunerada no Brasil.

 

Parágrafo quinto: No requerimento de inscrição, os candidatos portadores de necessidades especiais deverão apresentar solicitação para que se providenciem as condições necessárias para a realização das provas.

 

  1. As inscrições serão julgadas pela Congregação do Instituto de Ciências Biomédicas, em seu aspecto formal, publicando-se a decisão em edital.

 

Parágrafo único – O concurso deverá realizar-se no prazo de trinta a cento e vinte dias, a contar da data da publicação no Diário Oficial do Estado da aprovação das inscrições, de acordo com o artigo 134, parágrafo único, do Regimento Geral da USP.

 

  1. O concurso será realizado segundo critérios objetivos, em duas fases, por meio de atribuição de notas em provas, assim divididas:

1ª fase (eliminatória) – prova escrita – peso 2

2ª fase – I) julgamento do memorial com prova pública de arguição – peso 5

II) prova didática – peso 3

Parágrafo primeiro: A convocação dos inscritos para a realização das provas será publicada no Diário Oficial do Estado.

 

Parágrafo segundo: Os candidatos que se apresentarem depois do horário estabelecido não poderão realizar as provas.

 

I – Primeira fase: PROVA ESCRITA – Caráter Eliminatório

  1. A prova escrita, que versará sobre assunto de ordem geral e doutrinária, será realizada de acordo com o disposto no art. 139, e seu parágrafo único, do Regimento Geral da USP.

I – a comissão julgadora organizará uma lista de dez pontos, com base no programa do concurso, e dela dará conhecimento aos candidatos vinte e quatro horas antes do sorteio do ponto, sendo vedado ao candidato renunciar a esse prazo;

II – o candidato poderá propor a substituição de pontos, imediatamente após tomar conhecimento de seus enunciados, se entender que não pertencem ao programa do concurso, cabendo à comissão julgadora decidir, de plano, sobre a procedência da alegação;

III – sorteado o ponto, inicia-se o prazo improrrogável de cinco horas de duração da prova;

IV – durante sessenta minutos, após o sorteio, será permitida a consulta a livros, periódicos e outros documentos bibliográficos;

V – as anotações efetuadas durante o período de consulta poderão ser utilizadas no decorrer da prova, devendo ser feitas em papel rubricado pela comissão e anexadas ao texto final;

VI – a prova, que será lida em sessão pública pelo candidato, deverá ser reproduzida em cópias que serão entregues aos membros da comissão julgadora, ao se abrir a sessão;

VII – cada prova será avaliada, individualmente, pelos membros da comissão julgadora;

VIII – serão considerados habilitados para a 2ª fase os candidatos que obtiverem, da maioria dos membros da comissão julgadora, nota mínima sete;

IX – a comissão julgadora apresentará, em sessão pública, as notas recebidas pelos candidatos.

 

  1. Participarão da segunda fase somente os candidatos aprovados na primeira fase.

II – Segunda fase: PROVA PÚBLICA DE ARGUIÇÃO E JULGAMENTO DO MEMORIAL E PROVA DIDÁTICA.

 

PROVA PÚBLICA DE ARGUIÇÃO E JULGAMENTO DO MEMORIAL

  1. O julgamento do memorial, expresso mediante nota global, incluindo arguição e avaliação, deverá refletir o mérito do candidato.

Parágrafo único – No julgamento do memorial, a comissão apreciará:

I – produção científica, literária, filosófica ou artística;

II – atividade didática universitária;

III – atividades relacionadas à prestação de serviços à comunidade;

IV – atividades profissionais ou outras, quando for o caso;

V – diplomas e outras dignidades universitárias.

 

PROVA DIDÁTICA

  1. A prova didática será pública, com a duração mínima de quarenta e máxima de sessenta minutos, e versará sobre o programa da área de conhecimento acima mencionada, nos termos do artigo 137 do Regimento Geral da USP.

I – a comissão julgadora, com base no programa do concurso, organizará uma lista de dez pontos, da qual os candidatos tomarão conhecimento imediatamente antes do sorteio do ponto;

II – o candidato poderá propor a substituição de pontos, imediatamente após tomar conhecimento de seus enunciados, se entender que não pertencem ao programa do concurso, cabendo à comissão julgadora decidir, de plano, sobre a procedência da alegação;

III – o sorteio do ponto será feito vinte e quatro horas antes da realização da prova didática, sendo vedado ao candidato renunciar a esse prazo;

IV – o candidato poderá utilizar o material didático que julgar necessário;

V – se o número de candidatos o exigir, eles serão divididos em grupos de, no máximo, três, observada a ordem de inscrição, para fins de sorteio e realização da prova.

 

JULGAMENTO DA 2ª FASE

  1. Ao término da apreciação das provas, cada candidato terá de cada examinador uma nota final que será a média ponderada das notas por ele conferidas nas duas fases, observados os pesos mencionados no item 3.
  1. As notas das provas poderão variar de zero a dez, com aproximação até a primeira casa decimal.
  1. A nota obtida pelo candidato aprovado na prova escrita irá compor a média final da segunda fase, com peso 2.
  1. O resultado do concurso será proclamado pela comissão julgadora imediatamente após seu término, em sessão pública.
  1. Serão considerados habilitados os candidatos que obtiverem, da maioria dos examinadores, nota final mínima sete.
  1. A indicação dos candidatos será feita por examinador, segundo as notas por ele conferidas.
  1. Será proposto para nomeação o candidato que obtiver o maior número de indicações da comissão julgadora.
  1. A posse do candidato indicado ficará sujeita à aprovação em exame médico realizado pelo Departamento de Perícias Médicas do Estado – DPME, nos termos do Artigo 47, VI da Lei nº 10.261/68.
  1. A nomeação do docente aprovado no concurso, assim como as demais providências decorrentes, serão regidas pelos termos da Resolução 7271 de 2016.
  1. O docente em RDIDP deverá manter vínculo empregatício exclusivo com a USP, nos termos do artigo 197 do Regimento Geral da USP.
  1. O concurso terá validade imediata e será proposto para nomeação somente o candidato indicado para o cargo posto em concurso.
  1. O candidato será convocado para posse pelo Diário Oficial do Estado.

 

Maiores informações, bem como as normas pertinentes ao concurso, encontram-se à disposição dos interessados na Assistência Técnica Acadêmica do Instituto de Ciências Biomédicas da Universidade de São Paulo, no endereço acima citado, na Home Page https://ww2.icb.usp.br/con/editais-farmacologia/ ou através do e-mail acadcon@icb.usp.br ou pelo telefone +5511 (3091-7395).

____________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

 

Edital ICB.ATAC.06/2017

ABERTURA DE INSCRIÇÕES AO CONCURSO PÚBLICO DE TÍTULOS E PROVAS VISANDO O PROVIMENTO DE 01 (UM) CARGO DE PROFESSOR DOUTOR, EM RDIDP, NO DEPARTAMENTO DE FARMACOLOGIA DO INSTITUTO DE CIÊNCIAS BIOMÉDICAS DA UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO

 

Publicado no Diário Oficial do Estado, dia 04/05/2017  – Seção I, Pág. 289

Data de Encerramento das inscrições, 01 de agosto de 2017

 

O Diretor do Instituto de Ciências Biomédicas da Universidade de São Paulo, Cidade Universitária “Armando de Salles de Oliveira”, Av. Prof. Lineu Prestes, 2.415, torna público a todos os interessados que, de acordo com o decidido pela Congregação em sua 384a sessão ordinária, realizada em 29/03/2017, estarão abertas, pelo prazo de 90 (noventa) dias, a contar da publicação deste edital, 04 de maio de 2017 e término às 16 horas (horário de Brasília) do dia 01 de agosto de 2017, as inscrições ao concurso público de títulos e provas para provimento de 01 (um) cargo de Professor Doutor, referência MS-3.1, em Regime de RDIDP, claro/cargo  nº 1234315, com o salário de R$ 10.670,76 (dez mil, seiscentos e setenta reais e setenta e seis centavos), referente ao mês de maio de 2016, junto ao Departamento Farmacologia, na área de conhecimento de Farmacologia Geral, nos termos do art. 125, parágrafo 1º, do Regimento Geral da USP, e o respectivo programa que segue:

  1. Farmacocinética: Vias de administração, absorção, distribuição, biotransformação e excreção de fármacos.
  2. Farmacodinâmica – Interação droga-receptor / Farmacologia molecular.
  3. Farmacogenética.
  4. Modulação farmacológica do sistema colinérgico.
  5. Farmacologia da junção neuromuscular.
  6. Modulação farmacológica do sistema adrenérgico.
  7. Fármacos utilizados no tratamento de hipertensão arterial.
  8. Fármacos utilizados no tratamento da insuficiência cardíaca.
  9. Fármacos utilizados no tratamento do diabetes.
  10. Fármacos utilizados no tratamento de dislipidemias.
  11. Fármacos anti-inflamatórios (AIEs/AINEs).
  12. Fármacos utilizados no tratamento da Asma.
  13. Farmacologia do sistema digestório.
  14. Analgésicos Opioides.
  15. Ansiolíticos e hipnóticos.
  16. Antipsicóticos.
  17. Anticonvulsivantes
  18. Antidepressivos
  19. Drogas de abuso: dependência.
  20. Fármacos utilizados no tratamento de doenças neurodegenerativas.
  21. Antineoplásicos.
  22. Fármacos antibacterianos.

 

Bibliografia Básica

  1. Brunton LL (Ed.) – Goodman & Gilman’s The Pharmacological Basis of Therapeutics. 12th ed. McGraw Hill, NY 2011.

 

  1. Rang HP, Dale MM, Ritter JM, Flower RJ & Henderson G – Rang and Dale’s Pharmacology. 7th ed. Elsevier-Churchill Livingstone, Edinburgh 2012.

 

  1. Katzung BG, Masters SB & Trevor AJ – Basic and Clinical Pharmacology. 12th ed. McGraw Hill-Lange, NY 2011

 

  1. Minneman KP & Wecker L – Brody’s Human Pharmacology – Molecular to Clinical. 4th ed. Elsevier-Mosby, Philadelphia 2005.

 

  1. Nestler E, Hyman S, Malenka R. Molecular Neuropharmacology: A Foundation for Clinical Neuroscience, 2nd Edition, McGraw-Hill, 2008.

 

  1. Golan DE, Tashjian Jr AH, Armstrong EJ & Armstrong AW – Principles of Pharmacology: The Pathophysiologic Basis of Drug Therapy. 2nd ed. Lippincott-Williams & Wilkins, NY 2008

 

O concurso será regido pelo disposto no Estatuto e no Regimento Geral da Universidade de São Paulo e no Regimento do Instituto de Ciências Biomédicas.

  1. Os pedidos de inscrição deverão ser feitos, exclusivamente, por meio do link https://uspdigital.usp.br/gr/admissao, no período acima indicado, devendo o candidato apresentar requerimento dirigido ao Diretor do Instituto de Ciências Biomédicas icb.usp.br/con/formularios/, contendo dados pessoais e área de conhecimento (especialidade) do Departamento a que concorre, anexando os seguintes documentos:

 

I – memorial circunstanciado e comprovação dos trabalhos publicados, das atividades realizadas pertinentes ao concurso e das demais informações que permitam avaliação de seus méritos, em formato digital.

II – prova de que é portador do título de Doutor outorgado pela USP, por ela reconhecido ou de validade nacional;

III – prova de quitação com o serviço militar para candidatos do sexo masculino;

IV – título de eleitor;

V – comprovante(s) de votação da última eleição, prova de pagamento da respectiva multa ou a devida justificativa.

VI –  projeto de pesquisa, em formato digital, elaborado nas especialidades pertencentes à área de conhecimento do presente edital.

 

Parágrafo primeiro: Elementos comprobatórios do memorial referido no inciso I, tais como maquetes, obras de arte ou outros materiais que não puderem ser digitalizados deverão ser apresentados até o último dia útil que antecede o início do concurso.

 

Parágrafo segundo: Os docentes em exercício na USP serão dispensados das exigências referidas nos incisos III e IV, desde que as tenham cumprido por ocasião de seu contrato inicial.

 

Parágrafo terceiro: Os candidatos estrangeiros serão dispensados das exigências dos incisos III, IV e V, devendo comprovar que se encontram em situação regular no Brasil.

 

Parágrafo quarto: O candidato estrangeiro aprovado no concurso e indicado para o preenchimento do cargo só poderá tomar posse se apresentar visto temporário ou permanente que faculte o exercício de atividade remunerada no Brasil.

 

Parágrafo quinto: No ato da inscrição, os candidatos portadores de necessidades especiais deverão apresentar solicitação para que se providenciem as condições necessárias para a realização das provas.

 

Parágrafo sexto: No requerimento de inscrição, o candidato estrangeiro deverá manifestar a intenção de realizar as provas na língua inglesa, nos termos do parágrafo 8º do artigo 135 do Regimento Geral da USP. Os conteúdos das provas realizadas nas línguas inglesa e portuguesa serão idênticos.

 

Parágrafo sétimo: Caso o candidato que realizou a prova em língua estrangeira seja indicado, é expectativa do Instituto de Ciências Biomédicas que o mesmo se torne fluente em português em no máximo dois anos.

 

  1. As inscrições serão julgadas pela Congregação do Instituto de Ciências Biomédicas, em seu aspecto formal, publicando-se a decisão em edital.

 

Parágrafo único – O concurso deverá realizar-se no prazo de trinta a cento e vinte dias, a contar da data da publicação no Diário Oficial do Estado da aprovação das inscrições, de acordo com o artigo 134, parágrafo único, do Regimento Geral da USP.

 

  1. O concurso será realizado segundo critérios objetivos, em duas fases, por meio de atribuição de notas em provas, assim divididas:

1ª fase (eliminatória) – prova escrita – peso 2

2ª fase – I) julgamento do memorial com prova pública de arguição – peso 5

II) prova didática – peso 3

Parágrafo primeiro: A convocação dos inscritos para a realização das provas será publicada no Diário Oficial do Estado.

Parágrafo segundo: Os candidatos que se apresentarem depois do horário estabelecido não poderão realizar as provas.

 

I – Primeira fase: PROVA ESCRITA – Caráter Eliminatório

  1. A prova escrita, que versará sobre assunto de ordem geral e doutrinária, será realizada de acordo com o disposto no art. 139, e seu parágrafo único, do Regimento Geral da USP.

I – a comissão julgadora organizará uma lista de dez pontos, com base no programa do concurso, e dela dará conhecimento aos candidatos vinte e quatro horas antes do sorteio do ponto, sendo vedado ao candidato renunciar a esse prazo;

 

II – o candidato poderá propor a substituição de pontos, imediatamente após tomar conhecimento de seus enunciados, se entender que não pertencem ao programa do concurso, cabendo à comissão julgadora decidir, de plano, sobre a procedência da alegação;

 

III – sorteado o ponto, inicia-se o prazo improrrogável de cinco horas de duração da prova;

 

IV – durante sessenta minutos, após o sorteio, será permitida a consulta a livros, periódicos e outros documentos bibliográficos;

 

V – as anotações efetuadas durante o período de consulta poderão ser utilizadas no decorrer da prova, devendo ser feitas em papel rubricado pela comissão e anexadas ao texto final;

 

VI – a prova, que será lida em sessão pública pelo candidato, deverá ser reproduzida em cópias que serão entregues aos membros da comissão julgadora, ao se abrir a sessão;

 

VII – cada prova será avaliada, individualmente, pelos membros da comissão julgadora;

 

VIII – serão considerados habilitados para a 2ª fase os candidatos que obtiverem, da maioria dos membros da comissão julgadora, nota mínima sete;

 

IX – a comissão julgadora apresentará, em sessão pública, as notas recebidas pelos candidatos.

 

  1. Participarão da segunda fase somente os candidatos aprovados na primeira fase.

II – Segunda fase: PROVA PÚBLICA DE ARGUIÇÃO E JULGAMENTO DO MEMORIAL E PROVA DIDÁTICA.

 

PROVA PÚBLICA DE ARGUIÇÃO E JULGAMENTO DO MEMORIAL

 

  1. O julgamento do memorial, expresso mediante nota global, incluindo arguição e avaliação, deverá refletir o mérito do candidato.

Parágrafo único – No julgamento do memorial, a comissão apreciará:

I – produção científica, literária, filosófica ou artística;

II – atividade didática universitária;

III – atividades relacionadas à prestação de serviços à comunidade;

IV – atividades profissionais ou outras, quando for o caso;

V – diplomas e outras dignidades universitárias.

 

PROVA DIDÁTICA

  1. A prova didática será pública, com a duração mínima de quarenta e máxima de sessenta minutos, e versará sobre o programa da área de conhecimento acima mencionada, nos termos do artigo 137 do Regimento Geral da USP.

I – a comissão julgadora, com base no programa do concurso, organizará uma lista de dez pontos, da qual os candidatos tomarão conhecimento imediatamente antes do sorteio do ponto;

II – o candidato poderá propor a substituição de pontos, imediatamente após tomar conhecimento de seus enunciados, se entender que não pertencem ao programa do concurso, cabendo à comissão julgadora decidir, de plano, sobre a procedência da alegação;

III – o sorteio do ponto será feito vinte e quatro horas antes da realização da prova didática, sendo vedado ao candidato renunciar a esse prazo;

IV – o candidato poderá utilizar o material didático que julgar necessário;

V – se o número de candidatos o exigir, eles serão divididos em grupos de, no máximo, três, observada a ordem de inscrição, para fins de sorteio e realização da prova.

 

JULGAMENTO DA 2ª FASE

  1. Ao término da apreciação das provas, cada candidato terá de cada examinador uma nota final que será a média ponderada das notas por ele conferidas nas duas fases, observados os pesos mencionados no item 3.

 

  1. As notas das provas poderão variar de zero a dez, com aproximação até a primeira casa decimal.

 

  1. A nota obtida pelo candidato aprovado na prova escrita irá compor a média final da segunda fase, com peso 2.

 

  1. O resultado do concurso será proclamado pela comissão julgadora imediatamente após seu término, em sessão pública.

 

  1. Serão considerados habilitados os candidatos que obtiverem, da maioria dos examinadores, nota final mínima sete.

 

  1. A indicação dos candidatos será feita por examinador, segundo as notas por ele conferidas.

 

  1. Será proposto para nomeação o candidato que obtiver o maior número de indicações da comissão julgadora.

 

  1. A posse do candidato indicado ficará sujeita à aprovação em exame médico realizado pelo Departamento de Perícias Médicas do Estado – DPME, nos termos do Artigo 47, VI da Lei nº 10.261/68.

 

  1. A nomeação do docente aprovado no concurso, assim como as demais providências decorrentes, serão regidas pelos termos da Resolução 7271 de 2016.

 

  1. O docente em RDIDP deverá manter vínculo empregatício exclusivo com a USP, nos termos do artigo 197 do Regimento Geral da USP.

 

  1. O concurso terá validade imediata e será proposto para nomeação somente o candidato indicado para o cargo posto em concurso.

 

  1. O candidato será convocado para posse pelo Diário Oficial do Estado.

Maiores informações, bem como as normas pertinentes ao concurso, encontram-se à disposição dos interessados na Assistência Técnica Acadêmica do Instituto de Ciências Biomédicas da Universidade de São Paulo, no endereço acima citado, na Home Page https://ww2.icb.usp.br/con/editais-farmacologia/ ou através do e-mail acadcon@icb.usp.br ou pelo telefone +5511 (3091-7395).

____________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

 

Call for Faculty Position “Edital ICB.ATAC.06/2017”

 

The Department of Pharmacology in the “INSTITUTO DE CIÊNCIAS BIOMÉDICAS DA UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO” (INSTITUTE OF BIOMEDICAL SCIENCES AT THE UNIVERSITY OF SÃO PAULO” seeks to appoint 1 (one) tenure-track Assistant Professor “PROFESSOR DOUTOR”, under the Integral System of Dedication to Teaching and Research (Regime de Dedicação Integral a Docência e Pesquisa, RDIDP) employment system.

Published in the “Diário Oficial do Estado” (State Official Daily Post), on may 04, 2017, Section 01, Page 289

Deadline for Applications: august 01, 2017

 

The Dean of the “Instituto de Ciências Biomédicas da Universidade de São Paulo”, campus “Armando de Salles de Oliveira”, located on “Av. Prof. Lineu Prestes, 2.415”, São Paulo, Brazil, announces, according to an decision made by the Institute Congregation in March 29th 2017, the following open faculty position for the period of 90 (ninety) days, as of the date of the first publication of this Call, on may 04, 2017, and deadline at 4 PM (GMT – 3), in august 01, 2017. This Recruitment refers to the process of hiring (01) one Assistant Professor (“Professor Doutor”), under the RDIDP employment system, reference MS-3.1, for the Department of Pharmacology, to earn a salary of 10.670,76 (dez mil, seiscentos e setenta reais e setenta e seis centavos), related to position nr. 1234315, governed by article 125, 1st paragraph, of the General USP Statutes and its applicable provisions.  The position is based on the Pharmacology area program of teaching, as follows:

  1. Pharmacokinetics – routes of administration, absorption, distribution, biotransformation and excretion of drugs.
  2. Pharmacodynamics – drug-receptor interactions, molecular pharmacology.
  3. Pharmacogenetics.
  4. Pharmacological modulation of the cholinergic system.
  5. Pharmacology of neuromuscular junction.
  6. Pharmacological modulation of the adrenergic system.
  7. Drugs used in the treatment of blood hypertension.
  8. Drugs used in the treatment of cardiac failure.
  9. Drugs used in the treatment of diabetes.
  10. Drugs used in the treatment of dyslipidemias.
  11. Anti-inflammatory drugs (NSAIDs and SAIDs).
  12. Drugs used in the treatment of asthma.
  13. Pharmacology of digestory system.
  14. Opioid analgesics.
  15. Anxiolytic and hypnotic drugs.
  16. Antipsychotic drugs.
  17. Anticonvulsant drugs.
  18. Antidepressant drugs.
  19. Drugs of abuse: drug addiction.
  20. Drugs used in the treatment of neurodegenerative disorders.
  21. Pharmacological handling of cancer.
  22. Antibacterial drugs.

 

Basic References

  1. Brunton LL (Ed.) – Goodman & Gilman’s The Pharmacological Basis of Therapeutics. 12th ed. McGraw Hill, NY 2011.

 

  1. Rang HP, Dale MM, Ritter JM, Flower RJ & Henderson G – Rang and Dale’s Pharmacology. 7th ed. Elsevier-Churchill Livingstone, Edinburgh 2012.

 

  1. Katzung BG, Masters SB & Trevor AJ – Basic and Clinical Pharmacology. 12th ed. McGraw Hill-Lange, NY 2011

 

  1. Minneman KP & Wecker L – Brody’s Human Pharmacology – Molecular to Clinical. 4th ed. Elsevier-Mosby, Philadelphia 2005.

 

  1.  Nestler E, Hyman S, Malenka R. Molecular Neuropharmacology: A Foundation for Clinical Neuroscience, 2nd Edition, McGraw-Hill, 2008.

 

  1. Golan DE, Tashjian Jr AH, Armstrong EJ & Armstrong AW – Principles of Pharmacology: The Pathophysiologic Basis of Drug Therapy. 2nd ed. Lippincott-Williams & Wilkins, NY 2008

 

The contest will be ruled by the General USP Statutes and the General Institute of Biomedical Sciences Statute.

 

  1. Applications for registration must be made exclusively through the link https://uspdigital.usp.br/gr/admissao, in the period indicated above, where the candidate must also submit an application addressed to the Director of the Institute of Biomedical Sciences (please see specific form at ww2. icb.usp.br/con/formularios/, containing personal data and area of ​​expertise (specialty) of the Department to which it competes, attaching the following documents:

 

I – Detailed Curriculum Vitae (“Memorial”) including research project, containing evidence of published papers, carried out activities related to the open position and other helpful information to evaluate the candidate’s merits, in digital format;

II – Evidence of a PhD degree issued by USP, accredited by USP, or nationally valid;

III – For male candidates, proof of compulsory military service regular status;

IV – Voter Registration Card;

V – Proof that voted in the last election, or receipt of related fine for not voting, or valid justification;

VI – Research project, in digital format, considering the topics related to the knowledge area of ​​this public notice.

 

1o.: Evidential elements of the memorial referred to in item I, such as models, works of art or other materials that could not be digitized, shall be presented until the last working day preceding the beginning of the contest.

 

2o.: Professors working for USP shall be exempted from requirements mentioned in section III and IV, as long as they have complied with them upon their initial hiring process.

 

3o.: Foreign candidates will be exempted from requirements mentioned in section III, IV and V, but shall submit copy of their passport identification pages, attesting the official and legal situation of being in the country.

 

4o.: If a foreign candidate is approved in the selection process and appointed to fill in the position, he/she will only be able to take over upon submission of temporary or permanent visa allowing paid activity in Brazil.

 

5o.: Candidates with special needs shall submit, upon application, a request for the special necessary arrangements for him/her to take the tests.

 

6o.: Upon application, the candidate will be able to express in writing his/her intention to take the tests in English, according to the General Statutes, article 135, and its applicable provisions. The content of the tests in English or in Portuguese is identical.

 

7o.: If the candidate who took the test in a foreign language is indicated, it is expected by the Institute of Biomedical Sciences that he/she will become fluent in Portuguese in a maximum of two years.

 

  1. Applications will be evaluated by the faculty committee (ICB Congregation), concerning their formal aspect, and the decision will be published in a notice.

 

1o.: The selection process shall take place within 30 (thirty) to 120 (a hundred and twenty) days, after approval of applications, according to the General Statutes, Article 134, sole § of USP General Statutes.

 

  1. The tests will be carried out in two phases, by means of attribution of notes in tests, thus divided:

1st stage (eliminatory) –      written exam – weight 2

2nd stage –                             I) evaluation of the memorial with public evidence of argument – weight 5

II) teaching exam – weight 3

1o.: The convocation of the registrants for the conduct of the tests will be published in the (Diário Oficial do Estado).

 

2o.: Candidates who present themselves after the established time will not be able to carry out the tests.

 

I – 1st Stage: WRITTEN EXAME – Eliminatory

4. The written test will be on the related area syllabus, and it will be carried out as set forth in the USP General Statutes, article 139, sole paragraph:

I. the committee shall prepare a list of ten subjects, based on the related area syllabus, and inform the candidates twenty-four hours before the subjects are drawn by lot by the candidates. Being forbidden to waive this deadline;

II – the candidate may propose the substitution of points, immediately after taking acquaintance of their statements, if he/she understands that they do not belong to the program of the contest, being the responsibility of the judging committee to decide, on the whole, on the merits of the claim;

III.  once the subject is drawn by lot, the non-extendable period of five hours for the test starts;

IV. during sixty minutes after the subjects are drawn by lot, candidates will be allowed to consult books, journals or other bibliographical documents of public use which are not in electronic media, taken by the candidates to the room where the test will take place. Candidates cannot leave the room during this period;

V. notes taken during this period of consultation can be used during the test, and they should be written on a sheet of paper signed by the Committee and attached to the final text of the test;

VI. the written test, which will be read aloud by the candidate in a public session, shall be copied and handed to the members of the search committee upon opening of this session;

VII. each test shall be individually graded by the members of the search committee.

VIII – will be considered qualified for the 2nd stage candidates who obtain, from the majority of the members of the judging committee, a minimum score of seven;

IX – the judging committee will present, in public session, the notes received by the candidates.

 

  1. Candidates approved in the written test will participate in the second stage.

II – 2nd Stage: Examination of Curriculum Vitae (Memorial) including oral examination in a public session and teaching exam.

 

Examination of Curriculum Vitae (Memorial) including oral examination in a public session

  1. The examination of Curriculum Vitae (Memorial) expressed through a global note, including argumentation and evaluation, should reflect the merit of the candidate.

Single paragraph – At the examination of the Curriculum Vitae (Memorial), the committee shall appreciate:

I – scientific, literary, philosophical or artistic production;

II – university didactic activity;

III – activities related to the provision of services to the community;

IV – professional or other activities, when applicable;

V – degrees and other university dignitaries.

 

TEACHING EXAM

  1. The teaching exam will be public, with a minimum duration of forty and a maximum of sixty minutes, and will cover the program of the area of ​​knowledge mentioned above, according to the terms of article 137 of the General Statutes of USP.

I – the judging committee, based on the program of the competition, will organize a list of ten points, from which the candidates will know immediately before the draw of the point;

II – the candidate may propose the substitution of points, immediately after taking acquaintance of their statements, if he/she understands that they do not belong to the program of the contest, being the responsibility of the judging committee to decide, on the whole, on the merits of the claim;

III – the draw of the point will be done twenty-four hours before the teaching test, being forbidden to the candidate to waive this term;

IV – the candidate may use the didactic material that he deems necessary;

V – if the number of candidates requires it, they will be divided into groups of a maximum of three, observing the order of registration, for the purpose of drawing lots and conducting the test.

 

2nd PHASE JUDGMENT

  1. At the end of the test assessments, each candidate will have a final note from each examiner that will be the weighted average of the grades awarded by him in both phases, observing the weights mentioned in item 3.
  2. Test scores may range from zero to ten to the first decimal place.
  3. The grade obtained by the candidate approved in the written test will compose the final average of the second stage, weighing 2.
  4. The result of the contest will be proclaimed by the judging committee immediately after its end, in public session.
  5. Candidates who obtain a minimum final mark of seven from the majority of examiners will be considered qualified.
  6. The candidates shall be appointed by the examiner, according to the marks awarded by him.
  7. The candidate who obtains the highest number of nominations from the judging committee shall be designated for nomination.
  8. The possession of the nominee will be subject to the approval of a medical examination carried out by the “Departamento de Perícias Médicas do Estado – DPME” (Health Department), pursuant to Article 47, VI of Law 10261/68.
  9. The appointment of the teacher approved in the contest, as well as the other resulting measures, will be governed by the terms of Resolution 7271 of 2016.
  10. The teacher in RDIDP must maintain exclusive employment relationship with USP, under the terms of article 197 of the General Statutes of USP.
  11. The competition will be valid immediately and will be proposed for appointment only the candidate indicated for the position put in competition.
  12. The candidate will be called for possession by the Official State Gazette (Diário Oficial do Estado).

Further information about guidelines related to this recruitment and selection process is available at the Academic Assistance Office of the “Instituto de Ciências Biomédicas da Universidade de São Paulo”, at the aforementioned address,

 https://ww2.icb.usp.br/con/editais-farmacologia/ and e-mail       acadcon@icb.usp.br or at 55-11-3091-7395.

 

 

Seção de Concursos, ICB-USP